OK
» Notícias

FNO solicita redução de açucar em medicamentos pediátricos

04/07/2015
Aumentar tamanho da letraDiminuir tamanho da letra
FNO solicita redução de açucar em medicamentos pediátricos

Os Diretores da Federação Nacional dos Odontologistas (FNO) estiveram reunidos, no dia 4 de julho, em Brasília/DF, com o Coordenador Nacional de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, Gilberto Pucca, para discutir sobre a prevenção, o controle de risco e o desenvolvimento da cárie no País, com foco na redução do alto índice de açúcar presente na composição dos medicamentos pediátricos.


Os dirigentes da FNO solicitaram ao Coordenador Gilberto Pucca, uma audiência de trabalho com a presença da Coordenação Nacional de Saúde Bucal, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e das Entidades Nacionais da Odontologia para tratar da pauta. A proposta da FNO é que a política nacional “Brasil Sorridente” inclua, em caráter urgente, uma medida reguladora específica para o índice de açúcar presente na composição dos medicamentos pediátricos.

 

A Federação Nacional dos Odontologistas reivindica a redução de substratos do açúcar nos medicamentos pediátricos presente na composição dos medicamentos pediátricos, a exemplo dos xaropes e antibióticos prescritos às crianças. A presidente da FNO, Joana Batista Oliveira Lopes, alerta que o frequente consumo desses medicamentos no tratamento de patologias pediátricas como a cariogenicidade, torna o paciente vulnerável à cárie e aos efeitos sistêmicos.

Segundo a presidente da FNO, o dente recém erupcionado torna-se mais poroso e mais susceptível a cárie a Federação Nacional dos Odontologistas quer a redução do consumo de açúcar, uso de substratos do açúcar nos medicamentos infantis.

Informações e foto: Divulgação FNO


Leia mais notícias sobre:

 

Outras informações desta seção:
Doação de Órgãos
  • Saúde Rio Grande
Facebook
Rua Dr. Flores, 323 - 4º andar - Porto Alegre/RS | Fones:(51) 3224.5741 e (51) 3224.9491 - soergs@soergs.org.br
Horário de funcionamento: segunda à quinta das 13h às 18h e sextas das 9h às 13h
msmidia.com