OK
» Notícias

Nota Pública em Favor de Cachoeirinha

22/03/2017
Aumentar tamanho da letraDiminuir tamanho da letra
O SOERGS vem por meio desta nota apoiar integralmente a paralisação dos servidores municipais de Cachoeirinha, que iniciou dia 6 de março, liderada pelo SIMCA e com o apoio também do SIMERS e SENGE. 
 
O SOERGS ressalta que a paralisação dos serviços foi a única forma encontrada pelos servidores públicos para defenderem a garantia de seus direitos, já que as tentativas de diálogo com a Prefeitura não surtiram o efeito desejado.
 
O prefeito Miki Breier colocou na conta do servidor as dificuldades administravas da prefeitura de Cachoeirinha. A retirada de benefícios dos servidores é uma das medidas adotadas pelos gestores públicos que preferem fazer “o fácil” do que investir em novos modelos de gestão, do que renegociar os contratos vigentes, ou adotar medidas que aumentem fiscalização, ou cobrar grandes devedores.
 
Perseguir os servidores através de retirada de benefícios pode causar “precarização” na prestação de serviços. O SOERGS entende que o cidadão merece um serviço público de qualidade, é para este fim que o contribuinte paga os impostos. Prejudicar os funcionários pode significar abrir mão de servidores que, uma vez insatisfeitos com a suas condições de trabalho, procuram novos postos de trabalho.
 
É de conhecimento público que a proposta do prefeito Miki Breier foi aprovada pela Câmara dos Vereadores através de uma “manobra” no mínimo discutível. Entre as medidas consideradas urgentes pela prefeitura estão o corte no vale alimentação, fim de adicionais para os RTs, alteração no cálculo do quinquênio entre outras.
 
Não satisfeito com essas medidas de cunho financeiro a Prefeitura propôs alteração jornada de trabalho cujo o único efeito concreto é prejuízo aos servidores, uma vez que já cumpriam a jornada prevista nos concursos.
 
SOERGS conclama aos colegas cirurgiões-dentistas servidores públicos de Cachoeirinha o que se mostrem firmes na paralisação, por que não podemos aceitar que as regras sejam “alteradas durante o jogo” como quer o prefeito Miki Breier.
 
O prefeito diz que “quer dialogar”, mas na verdade ele se mostra irredutível. Somente através da continuidade da paralisação e que poderão garantir que vocês, servidores de Cachoeirinha, sejam tratados com dignidade.
 
O SOERGS ressalta que, por sermos uma atividade ligada a saúde, devemos ter o cuidado e o compromisso de manter os atendimentos de urgências e bem como seguir as demais determinações da lei de greve quanto a manutenção de 30 % do atendimento a população.

Leia mais notícias sobre:

 

Outras informações desta seção:
Doação de Órgãos
  • Saúde Rio Grande
Facebook
Rua Dr. Flores, 323 - 4º andar - Porto Alegre/RS | Fones:(51) 3224.5741 e (51) 3224.9491 - soergs@soergs.org.br
Horário de funcionamento: segunda à sexta – das 9h às 18h
msmidia.com